Sobre: O Início desse Blog – Professor André Fontenelle

Sobre: O Início desse Blog – Professor André Fontenelle
4.5 (89.09%) 22 votes

Esse é o primeiro artigo do blog André Fontenelle “.com.br”, que tem a finalidade de explicar algumas coisas.

Nesse artigo vou te contar um pouco sobre a minha história, bem como falar da minha percepção sobre o ensino jurídico no Brasil e em que esse blog pode contribuir para o seu sucesso. De forma acessível, simples e, principalmente, fácil.

Despertei sua curiosidade?

Então continue lendo para descobrir quem eu sou e qual a finalidade desse blog.

1 – Quem eu sou?

Meu nome é André Luiz Moreira Fontenelle, esposo da Carol e pai da Júlia. Antes de continuar, quero dizer que tenho muito orgulho de ser PROFESSOR e ADVOGADO!

Minha formação acadêmica começa com o bacharelado em Direito pela UFC e, depois, especializações em Direito Público pelo IDP/UNOPAR, em Gestão de Cooperativas novamente pela UFC e em Direito e Gestão de Serviços Sociais Autônomos, também pelo IDP. Além disso, sou mestre em Ciências Jurídicas pela Universidad Americana.

No campo profissional, sou Assessor Jurídico do SESCOOP/CE e docente da FAMETRO e do Centro Universitário Estácio do Ceará, ministrando, dentre outras, especialmente as disciplinas de Direito Empresarial.

Há tempos, procuro uma forma de utilizar a internet para empreender, potencializando minha capacidade de ajudar as pessoas e, com isso, contribuir para um mundo melhor. Pesquisei diversos mercados, mas foi justamente minha experiência como aluno e professor que me trouxe até aqui…

Quer entender mais? Então leia esse artigo até o final. Vamos falar sobre a missão do blog andrefontenelle.com.br.

2 – Sobre o ensino brasileiro

Há alguns anos, ministrando disciplinas de Direito, em cursos de graduação, tenho percebido as principais dificuldades de aprendizado dos meus alunos.

Muitos deles não tiveram a oportunidade de ter um ensino de qualidade na escola, o que revela, em muitos casos um déficit em sua bagagem acadêmica, especialmente em relação ao hábito da leitura, bem como interpretação e produção de textos.

Por outro lado, nos últimos anos a expansão da economia permitiu que os cursos de graduação se tornassem mais acessíveis a quase todas as classes sociais do nosso país, inclusive com os subsídios e financiamentos públicos.

Desse modo, as salas de aula ficaram lotadas, mas foi retirada das faculdades sua capacidade de selecionar apenas os estudantes mais preparados… na verdade, hoje em dia, as faculdades é que são selecionadas pelos alunos.

3 – Sobre os estudantes de graduação no Brasil

Ocorre que, infelizmente, é comum que os alunos não tenham o hábito de adotar livros para cada uma das disciplinas que cursa e, principalmente, de fazer deles uma leitura diária, seja por que falte motivação ou interesse, seja mesmo, em alguns casos, por dificuldade financeira.

Por outro lado, as bibliotecas universitárias se destinam às leituras complementares e para pesquisa, não tem a finalidade de entregar um livro para cada aluno fazer seu estudo básico.

Muitos dos meus colegas professores veem isso como mercantilização do ensino e sinal de falência do sistema educacional. Sempre discordei dessa visão, pois acredito que onde há alguém com dificuldade, há também um grande desafio é uma enorme oportunidade!

Não é pelo fato de que alguns alunos chegam à faculdade sem a maturidade intelectual desejável que eles tenham de ser abandonados, muito pelo contrário, acho que os educadores têm que desenvolver estratégias inovadoras para conduzir esses alunos ao sucesso.

Saiba que não é vergonha nenhuma se você estiver se identificando com esse perfil de estudante, mas é importante saber que há solução.

Se você tem essa dificuldade, é óbvio que precisa mesmo se comprometer um pouco mais. Não vou te oferecer nenhuma solução milagrosa!

4 – A proposta do blog

Porém, se você tiver acesso mais FÁCIL ao conhecimento, tenho certeza que o caminho para o seu aprendizado será mais curto, menos sofrido e mais bem-sucedido. Concorda?

É exatamente isso que quero fazer com este blog!

Sempre procurei adotar as metodologias mais didáticas possíveis para motivar meus alunos, oferecendo, além do relacionamento em sala de aula, algum material extra para o estudo.

Na minha opinião, o que a indústria editorial e educacional não descobriu ainda é que o problema principal não é o alardeado desinteresse dos alunos pela leitura, mas, especialmente, a ausência de foco dos editores nesses estudantes.

Parece que quem produz os livros jurídicos não pensa antes nas necessidades de quem vai ler e isso se converte na natureza extremamente formal da bibliografia jurídica.

Tenho certeza que você já tentou ler algum livro de Direito e acabou desistindo, por que o texto era muito complexo, ou por que o autor teve mais preocupação em mostrar que sabia muito sobre aquele tema ao invés de se preocupar em compartilhar seu conhecimento.

Concorda? Pois eu vivo essa experiência constantemente!

5 – Para tudo há solução!

Para mim, o senso comum de que as pessoas não gostam de ler é um mito, pois percebo que na internet se lê grandes quantidades de texto. Você já percebeu que lê milhares de palavras todos os dias em suas redes sociais, por exemplo?

Então, provavelmente o que está faltando é uma bibliografia que use a linguagem adequada para quem está começando ou tem dificuldade de desenvolver a leitura jurídica. Por isso, decidi escrever um blog e não um livro!

Por falar nisso, se você está lendo esse artigo desde o início, então você já leu milhares de caracteres. Não foi difícil e você é capaz de fazer muito mais, se for suficientemente motivado!

Antes mesmo de pensar em criar esse blog eu já tinha essa percepção. Por isso, comecei a desenvolver algumas notas de aula, que fossem didáticas, objetivas e completas. Tudo isso, para distribuir aos meus alunos nas faculdades que leciono.

Constantemente ouço elogios a esse material. Fico feliz em saber que ele é procurado até por alunos de outras turmas .

Isso me fez acreditar que esse material é realmente útil para as pessoas! Então, por que não deixar tudo acessível para qualquer pessoa?

6 – Repito, há solução

Como você deve ter percebido no primeiro tópico, não sou nenhum gênio das ciências jurídicas. Não passei em concurso público, não escrevi livros, sequer fiz um curso específico para a disciplina que leciono. Devo confessar até que na faculdade fui um aluno mediano.

Porém, você deve ter percebido que percorri uma estrada… hoje as pessoas me reconhecem como alguém que faz seu trabalho bem feito e, graças a Deus, sou bem remunerado por isso…

O que eu quero deixar bastante claro é que você também pode!

Ao longo dos anos reuni experiência e conhecimentos que podem, humildemente, ser úteis para alguém, mais especificamente, para VOCÊ!

Desse modo, a missão do blog é garantir que qualquer pessoa aprenda da forma mais FÁCIL possível.

Que tal estudar com materiais sintéticos e objetivos, de linguagem informal, mas que abordem os assuntos com a profundidade necessária. E se você puder fazer isso em qualquer lugar, em qualquer hora e da maneira que você quiser? Não é interessante?

7 – O que vou fazer

Então, nós próximos meses o blog vai funcionar em 02 linhas de ação.

A primeira delas é a disponibilização de todas as minhas notas de aula, das disciplinas de Direito Penal e Empresarial. Também, a inserção de questões selecionadas para você testar seus conhecimentos. Além da indicação dos melhores materiais de terceiros para você complementar seu estudo.

A segunda linha de ação do blog diz respeito aos Trabalhos de Conclusão de Curso. Ao longo de todos esses anos de docência, uma das experiências que acumulei foi a orientação de TCC`s.

Participei de várias bancas como avaliador, ajudei alunos a elaborar seus trabalhos de pesquisa e também escrevi meu próprios artigos. Com isso, acumulei conhecimentos e experiências que me credenciam a ajudar outras pessoas na elaboração de seus TCC`s.

Desse modo, pretendo escrever artigos, gravar vídeos, desenvolver ferramentas de apoio e disponibilizar tudo isso para vocêa.

Gostou? Então PARTICIPE! Lembre-se que boa parte desse material será disponibilizado gratuitamente apenas por um tempo limitado. Não perca essa oportunidade!

8 – Participe!

Por isso, também é muito importante que você divulgue o blog. Afinal essa é a melhor maneira de fazer com que seus amigos aprendam com a mesma facilidade que você.

Então conte a seus amigos, compartilhe nossos conteúdos nas redes sociais, faça comentários em nossos artigos!

Tenho certeza que juntos poderemos ajudar a mudar a vida de muitas pessoas… vamos lá!

Um forte abraço,

Professor André Fontenelle

Comentários

2017-05-30T15:37:14+00:00

3 Comments

  1. José Herneval dos Santos 13/02/2018 em 10:08 AM

    Bom dia professor.Estou na escrita do projeto TCC,e o tema é a importância da visita técnica, como instrumentos de aprendizagem na formação de licenciados em ciências biológicas.gostaria que você mim desce algumas informações de artigos relacionado a esse tema.

  2. André Fontenelle 10/10/2017 em 3:30 PM

    Rosana, em breve será publicado aqui no blog um artigo específico sobre “projetos científicos”. Já está com 20 páginas, mas ainda estou inserindo mais alguns últimos pontos que achei relevantes antes de finalizar. Quanto à bibliografia, tenho aproximadamente uns 60 livros de metodologia científica, mas devo lhe confessar que não os consulto muito quando vou produzir os conteúdos do blog. Faço isso para evitar qualquer risco de plágio, mesmo não se tratando de textos científicos. Me baseio muito nas dúvidas que meus orientandos têm e utilizo minha experiência de erros e acertos para compartilhar os conhecimentos que acumulei. Relativamente ao assunto “metodologia”, o fato é que não existe uma norma, por isso acaba havendo uma “subjetividade” e é muito comum que os doutrinadores apresentem apenas os tipos de pesquisas que gostam ou apenas os que sabem. Posso garantir a você que não há nenhum livro mais completo (certamente, podem haver melhores, porém nem tão completos), do que meu artigo: https://andrefontenelle.com.br/tipos-de-pesquisa/. Afirmo isso por que fiz uma grande compilação de todos os métodos que já tive notícia e os dividi em 05 categorias de classificação (finalidade, objetivo, abordagem, método e procedimentos), conforme você pode observar no artigo

  3. Rosana Marques 06/10/2017 em 4:18 PM

    Boa tarde, professor. Estou pesquisando sobre metodologia para elaboração de projetos científicos. Gostaria de saber a bibliografia do conteúdo do seu blog sobre o assunto, uma vez que contempla muito mais informações do que os livros de Rudio e Gil, que estou utilizando, bem como as informações fornecidas pela universidade à qual será entregue o TCU. Grata.

Deixe um comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Professor André Fontenelle - Conhecimento jurídico e pesquisa científica sem enrolação.

Artigo inicial desse blog, que apresenta o Professor André Fontenelle e o blog, dedicado ao Direito Empresarial, Penal, Cooperativo e elaboração de TCC.